Postado em: 25/03/2020

Saúde reestrutura rede de atendimentos durante pandemia do Covid-19

Atendimentos foram divididos conforme a necessidade, gravidade e idade.

foto/ ascom prefeitura

A Secretaria Municipal de Saúde, decidiu pela reestruturação da rede de atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Estratégias Saúde da Família (ESF – antigos PSF) durante a pandemia do coronavírus, conhecido também como Covid-19. As mudanças foram definidas pela secretária Diane Dutra, juntamente com as representantes das áreas de Epidemiologia, Vigilância Sanitária, Atenção Primária, Regulação, Câmara Técnica e Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Pacientes a partir de 12 anos que apresentarem toda síndrome gripal e febre serão atendidos nas UBS – UniLeste, UniOeste, UniNorte, Unisa e UniNordeste, sendo as duas últimas citadas com horário estendido, de segunda a sexta-feira, das 17h às 21h, crianças abaixo dessa idade, na Unicentro, e gestantes no Centro de Atendimento à Mulher. Já os ESF estão reservados para os pacientes que precisam trocar receitas, encaminhamentos ou apresentar queixas graves de saúde.

Diane ressaltou que as UBS estarão atendendo primeiramente e orientando cada caso que apresentar esse tipo de sintoma. “Ela vai notificar no setor de Epidemiologia da Secretaria de Saúde. Se identificar um caso mais grave, o paciente vai ser encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ou para a Santa Casa de Misericórdia”, disse.  De acordo com a secretária, estão suspensos os atendimentos ambulatoriais e as cirurgias eletivas (aquelas que não são consideradas de emergência) para prestar um melhor suporte à população.

Diane acrescentou que a reunião também definiu a Santa Casa como hospital referência do SUS  para atender pacientes com o Covid-19 e a Casa do Caminho (também do SUS)  para atendimentos básicos de clínica médica, longa permanência e UTI. “Trabalhamos, em parceria, com os hospitais da Unimed e Dom Bosco para atender com êxito a população durante a pandemia”, destacou. A secretária ainda lembrou dos contatos da Central de TeleAtendimento disponibilizados para quem achar que estar com os sintomas da Covid-19.


Mais lidas