Postado em: 10/07/2020

Fundação Cultural Calmon Barreto colhe dados para o ‘Cadastro Municipal de Cultura de Araxá’

Cidade pretende mapear trabalhadores do setor cultural que contribuem para a construção da economia criativa e sustentável.

Foto - Reprodução Agência Minas/ Consuelo de Abreu/Acervo Secult

A Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB) e o Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC), realizam o Cadastro Municipal de Cultura de Araxá. Os interessados devem acessar o  site “www.fundacaocalmonbarreto.mg.gov.br” e preencher a ficha disponível no link “Cadastro Municipal de Cultura”.

O objetivo segundo a Fundação, é atualizar o cadastro das pessoas que movimentam o mercado cultural e contribuem para a construção de uma economia criativa e sustentável. Podem ser cadastradas pessoas físicas ou jurídicas que participam da cadeia produtiva dos segmentos artísticos e culturais como músicos, instrumentistas, artistas, escritores, contadores de histórias, produtores culturais, técnicos, curadores, oficineiros, fotógrafos, artesãos e professores de escolas de arte, de dança e de capoeira.

O cadastro poderá ser preenchido, também, pelos representantes dos espaços culturais e artísticos, microempresas e pequenas empresas culturais, organizações culturais comunitárias, cooperativas, associações e instituições com atividades neste ramo.

Posteriormente, os dados serão utilizados para analise dos principais aspectos da cadeia produtiva do setor, servindo para a construção de indicadores culturais e elaboração de políticas públicas que favoreçam o segmento local.
 

Mais lidas