Postado em: 02/09/2020

Mês de enfrentamento à violência doméstica foi encerrado com carreata

Ação foi empenhada pelo 37º Batalhão da Polícia Militar e parceiros.

Foto/Polícia Militar

Durante o mês de agosto aconteceu, em todo o Brasil, o “Agosto Lilás”. A campanha teve o objetivo de alertar a população sobre a importância da prevenção e do enfrentamento à violência contra a mulher, incentivando as denúncias de agressões, que podem ser físicas, psicológicas, sexuais, morais e até patrimoniais. Além de comemorar os 14 anos da Lei Maria da Penha. 

Dentro deste contexto o 37º Batalhão de Polícia Militar em conjunto com os parceiros da Agenda Comum Intersetorial, realizou ações voltadas à Campanha, com entrega de dicas de segurança referente à violência doméstica e dicas da PM com informações sobre o 181 – Disque Denúncia. Além disso, foram realizadas palestras, blitz educativas e lives, que abordaram o trabalho da Patrulha de Prevenção à Violência Doméstica, com explicações sobre o feminicídio e Lei Maria da Penha.  

“Esclarecemos que a violência contra as mulheres é uma violação de direitos humanos e um grave problema de saúde pública. Ela pode trazer como consequências: mortes, lesões, traumas físicos e vários tipos de agravos mentais e emocionais. Além disso, diminui a qualidade de vida das mulheres e de suas famílias, gerando prejuízos à sua autonomia e seu potencial como pessoa e cidadã”, informou o 37º Batalhão.  

Também foram realizadas ações de conscientização nos demais Municípios de abrangência do 37º Batalhão de Polícia Militar. 

 

Mais lidas