Postado em: 22/10/2020

Mais de mil veículos apreendidos vão ser leiloados pelo Detran-MG em Araxá

Apesar de não ter data definida, a expectativa do Departamento de Trânsito é que o leilão presencial ocorra em novembro.

Foto/Polícia Civil

O Detran-MG, em Araxá, realizará a alienação pública de 1.700 veículos que estão apreendidos nos pátios das empresas credenciadas. São automóveis, motos e veículos de cargas,  recolhidos em dez pátios, situados em Araxá (quatro), Ibiá, Nova Ponte (dois), Perdizes, Sacramento e Santa Juliana.

Os veículos que serão leiloados estão classificados em três categorias. Desses, 477 foram classificados como “conservados”, que é aquele veículo que tem condições de voltar a circular,  podendo ser arrematado por qualquer pessoa, física ou jurídica, cumprida as exigências do edital. Outros 85 automóveis foram classificados como “sucatas aproveitáveis”, que são os veículos que podem ter suas peças retiradas para fins de comércio e, somente podem ser arrematados por empresa voltadas à compra e venda de peças usadas, que estejam de acordo com a Lei do Desmonte e cadastradas no Detran-MG. E por fim, 1.145 automóveis foram classificados como “sucatas inservíveis”, que são os veículos destinados à siderurgia e,  a empresa interessada tem que comprovar sua atuação voltada à reciclagem automotiva, além de atender aos requisitos do edital, entre eles, possuir as licenças necessárias.

O Detran-MG ainda não definiu a data que acontecerá a hasta pública. A expectativa é que ocorra no mês novembro.  Assim que for definida, serão divulgados o local e o horário.

Diante da pandemia, o Detran estabeleceu um protocolo de segurança para realização do leilão presencial. Além das regras estabelecidas pelo órgão, a Comissão do Leilão ainda deverá ter que cumprir as exigências do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da cidade. Para evitar aglomerações, os pátios ficarão abertos, pelo menos, por cinco dias para visitação.

Por conta da pandemia, o Detran não realiza leilões desde o mês de março. O último leilão em Araxá  foi no segundo semestre de 2019. 

 

Mais lidas