Postado em: 28/10/2020

Baixa procura pela vacina da pólio continua mesmo na reta final

Campanha será encerrada nesta sexta-feira (30), e todas as crianças menores de 5 anos devem tomar a dose.

Foto - Marcelo Camargo/Agência Brasil

Araxá registrou até agora apenas 53% de cobertura vacinal da campanha contra a poliomielite, que será encerrada na próxima sexta-feira (30). A Estimativa do setor de imununizações é que pelo menos 5 mil crianças tomem a dose até a data de encerramento.  A Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite para crianças de até 5 anos teve início no dia 5 de outubro.  A mobilização  que vai até o dia 30 deste mês, em postos de saúde de todo o país, pretende imunizar pelo menos 95% do púplico alvo em Araxá.  Simultaneamente com a vacina da pólio, ocorre a campanha de multivacinação para adolescentes até os 15 anos de idade. Para esta faixa etária, o prazo para colocar o cartão de vacinas em dia, também é o último dia útil de outubro. 

Para isso, os órgãos de saúde alertam que a população deve procurar o serviço mesmo com a pandemia do novo coronavírus. Vale lembrar que desta vez, no caso da vacina contra a poliomielite, devem tomar a dose todas as crianças, incluindo aquelas que já foram vacinadas em anos anteriores. Isso, porque segundo o setor de vacinas, o governo resolveu fazer uma vacinação em massa e imunizar todas as crianças dentro desta faixa etária para  evitar que o vírus selvagem chegue no país.

A poliomielite, também chamada de "pólio" ou "paralisia infantil", é uma doença contagiosa aguda causada pelo poliovírus, que pode infectar crianças e adultos e, em casos graves, pode levar a paralisias musculares, em geral nos membros inferiores, ou até mesmo à morte. A vacinação é a única forma de prevenção.

Nesta quinta-feira (29), haverá horário estendido na Unioeste e Unicentro (até às 19h) para distribuição das doses gratuitas. Vale lembrar que a vacina é de gotinhas e não causa nenhum incômodo para às crianças. 

 

 

Mais lidas