Postado em: 19/01/2021

Araxá demanda maior oferta de energia para o Distrito Industrial

Local abriga 43 empresas e, segundo a Prefeitura, outras seis indústrias serão instaladas no espaço ainda este semestre.

Foto Ascom/Divulgação

Proporcionar maior eficiência energética para a cadeia produtiva das empresas instaladas no Distrito Industrial (DI) de Araxá, bem como captar novos empreendimentos para a região. Este foi o intuito de uma recente reunião promovida, em Belo Horizonte, entre o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Juliano Cesar da Silva, e o diretor adjunto de Comunicação Empresarial e Sustentabilidade da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Roberto Bastianetto.

A pauta do encontro, viabilizado pelo Deputado Estadual Bosco, é uma demanda antiga dos empresários que estão instalados no Distrito Industrial de Araxá. Hoje, são 43 empresas localizadas no DI, e outras seis serão instaladas ainda neste semestre. “Entendemos a necessidade de melhorias e de ampliação na oferta de energia desta região. Temos conhecimento de que é uma reivindicação já apresentada pelo empresariado. Nossa expectativa é atendê-los muito em breve. A oferta de energia não pode ser um entrave para projeto de ampliação ou instalação de novas empresas, uma vez que implica na geração de emprego e renda, fomentando o desenvolvimento do Distrito Industrial de Araxá”, destacou o Secretário. 

Mais lidas