Postado em: 07/04/2021

Câmara Municipal apoia campanha Vacinação Solidária em prol de instituições de Araxá

Em entrevista exclusiva ao Jornal Correio de Araxá, Raphael Rios, falou da campanha e de como estas cestas básicas serão distribuídas pelas instituições.

Foto Ilustrativa/Arquivo Jornal

Um pouco de cada um é muito para quem precisa! Pensando em uma forma de auxiliar as famílias que passam por dificuldades para se alimentar nesse período mais crítico da Pandemia da Covid-19, a Câmara Municipal de Araxá, por iniciativa do seu presidente, vereador Raphael Rios, apoia a campanha Vacinação Solidária. A partir desta quarta-feira (7), as pessoas que forem se vacinar contra a Covid-19 ou contra a gripe H1N1 que começa na próxima segunda-feira (12), estão convidadas a doar um litro de óleo e fazer parte dessa corrente do bem.

"Eu vi que outros municípios como Mogi das Cruzes (SP), Santos (SP)  e Recife (PE), estavam fazendo e que era uma ideia muito simples e  prática, porque  enquanto a pessoa se vacina ela leva o alimento - que,  no nosso caso,  será o óleo, já que conseguimos uma parceria com um atacado da cidade que irá fazer a troca desse óleo por cestas padronizadas. Depois que vi essa notícia na mídia nacional, conseguimos organizar tudo em uma semana, entrei em contato com a Prefeitura que é nossa parceira e, também, com uma emissora da cidade que em breve soltará um VT alusivo à campanha", contou o Presidente da Casa.

Ainda segundo Raphael Rios, as doações deverão ser feitas apenas nos locais de vacinação divulgados pela Secretaria de Saúde.  As doações serão repassadas ao SOS, Ampara e Moto Clube Insanos. "A logística será feita por uma pessoa do Moto Clube Insanos e por um representante da Câmara Municipal. Eles  irão todos os dias buscar esses óleos nos pontos de coleta, os levando para o atacado e trocando nestas cestas básicas. A partir daí faremos a  distribuição dessas cestas nas instituições", contou.

Raphael reforçou que as cestas serão doadas diretamente pelas instituições (SOS, Ampara e Moto Clube Insanos), uma vez que a procura por alimentos nestes locais mais que dobrou devido a crise econômica imposta pela Covid-19. O Presidente da Casa ainda destacou em entrevista ao Jornal Correio de Araxá que as doações através da Secretaria de Ação Social nem sempre são suficientes, por isso, a importância de projetos parceiros. "As doações na Ação Social precisam passar por um processo de cadastramento e,  muitas vezes,  esse cadastro socioeconômico não contempla determinados grupos de pessoas, que acabam não passando em algum critério da avaliação. A gente sabe que tem pessoas que naquele mês acabaram de perder o emprego, que o seguro desemprego acabou e que não se enquadram em todos os requisitos da Ação Social, então essa campanha visa desburocratizar um pouco também,  e fazer com que esses alimentos cheguem de forma mais rápida a quem precisa", disse.

Segundo informou o parlamentar com base em informações do próprio SOS, a campanha visa auxiliar principalmente autônomos, promotores de eventos e outras profissões diretamente afetadas pela pandemia e que estão impedidas de trabalhar. "Essas pessoas muitas vezes não se enquadram em requisitos da Ação Social e buscam ajuda principalmente no SOS", contou. A perspectiva do número de pessoas que serão assistidas ainda não foi divulgada.  "Dependemos das doações no momento das vacinas para poder ajudar essas famílias, por isso, ainda não temos uma perspectiva precisa. Mas pretendemos atingir o máximo de pessoas em Araxá", apontou.

Raphael explicou ainda que a doação é uma ação voluntária, ou seja, a vacinação não está condicionada à doação. "Doa quem puder e o quanto puder. Cada litro de óleo é bem vindo. Se você puder, quando chegar a sua vez de receber a vacina contra a Covid-19 ou contra a Gripe H1N1, doe 1 litro de óleo. Sua doação será revertida em cestas básicas que serão doadas às famílias carentes de Araxá. Ajudar ao próximo também é uma forma de salvar vidas", finalizou.

 

Reuniões Câmara

Ainda segundo o Presidente da Casa, com o fim da Onda Roxa do Plano Minas Consciente de Combate à Covid-19 previsto para o próximo domingo (11), as reuniões do legislativo araxaense devem voltar à forma presencial já na próxima terça-feira (13). Fato que ainda deve ser confirmado até o fim desta semana.

Mais lidas