Postado em: 26/05/2020

Homem que tentou matar amante da companheira à marteladas é preso pela Polícia Civil em Ibiá

Crime ocorreu na última sexta-feira.

Foto/Polícia Civil

A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da Delegacia de Polícia Civil de Ibiá, que integra a Delegacia Regional de Araxá, coordenada pelo Delegado Regional - Dr. Vitor Hugo Heisler,  prendeu na última segunda-feira (25), um homem que tentou matar, à marteladas, o amante de sua companheira.
O crime ocorreu na manhã da  última sexta-feira (22), no Bairro Dona Maroca, em Ibiá, quando o autor de 28 anos, tentou matar o homem de 24 anos, a golpes de martelo. A vítima foi atingida na cabeça por, pelo menos, dois golpes de martelo. Devido a seu estado de saúde, o homem foi transferido para o Hospital Escola em Uberaba, onde foi submetido a procedimento cirúrgico.

Depois do crime, o autor evadiu e, após perseguição realizada pelas Polícias Militar e Civil, se escondeu no meio de um matagal, onde ficou escondido até à tarde de ontem. O motivo do crime seria passional
, pois a vítima teria se envolvido em um relacionamento amoroso com a amásia do autor.

Segundo o que foi apurado, o autor também agrediu e ameaçou fisicamente sua amásia, bem como quebrou o telefone celular dela, para impedi-lá de chamar a Polícia. O autor praticou o crime na frente dos quatro filhos menores que possui com sua companheira e fugiu logo depois dos fatos, prometendo à amasia que retornaria para “terminar o que começou”.

Foi instaurado Inquérito Policial para apuração dos crimes praticados pelo autor, bem como requerida a decretação de sua prisão preventiva, a qual foi de pronto deferida pelo MM. Juiz da Comarca de Ibiá. Assim, na última segunda-feira (25),  o autor se apresentou à Delegacia de Polícia Civil de Ibiá, acompanhado de seu advogado, onde foi dado o devido cumprimento do mandado de prisão preventiva. O autor foi interrogado, situação na qual confessou ter praticado o crime. Em seguida, foi encaminhado para o sistema prisional e está à disposição da Justiça.

 

Mais lidas