Postado em: 27/08/2020

Polícia Civil realiza fiscalização em estampadoras de placas de veículos de Araxá e região

Araxá tem os preços mais altos para fabricação de placas entre as cidades pesquisas pelo Procon.

Foto/Polícia Civil

 

A Polícia Civil de Araxá realizou na manhã da última quinta-feira (27), uma fiscalização simultânea nas 12 empresas estampadoras de placas de veículos credenciadas em Araxá, Sacramento, Campos Altos, Ibiá, Nova Ponte, Santa Juliana e Perdizes.

Segundo o Delegado de Trânsito, Dr. Renato Alcino, “o objetivo foi checar a existência de equipamentos e instalações necessárias ao funcionamento, além de atendimento dos requisitos legais para o credenciamento”.
 

Procon de Araxá apresentou levantamento dos preços cobrados pelas estampadoras na cidade

De acordo com o Procon, as estampadoras de Araxá tem os preços mais altos para fabricação de placas entre as cidades pesquisas. Em média, em Araxá, é cobrado R$ 278.

A pesquisa de preço considerou quatro cidades, além de Araxá. As empresas de Belo Horizonte e Uberlândia apresentaram os preços mais acessíveis, em média, R$ 131,73  e R$ 181,50, respetivamente.

“Não existe tabela de preços definida pelo estado. O valor é determinado entre o cliente e a empresa”, informou o Delegado.

 

 

Mais lidas