Postado em: 08/09/2020

Polícia Civil ouve mais um empresário investigado na Operação Malebolge

O empresário que estava foragido se apresentou na Delegacia de Polícia Civil na última sexta-feira, 4 de setembro.

Foto Ilustrativa/Arquivo Jornal

Em continuidade à Operação Malebolge, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) ouviu nesta manhã (8), o empresário que estava foragido. Ele se apresentou na Delegacia de Polícia Civil na última sexta-feira (4). O interrogatório aconteceu na Delegacia Regional de Araxá. 

O Delegado Presidente do Inquérito, Dr. Renato Alcino, esclareceu que a coordenadora da entidade assistencial que presta serviços relacionados a deficientes, que estava presa temporariamente, foi ouvida e encontra-se em liberdade. "Alguns procedimentos ainda estão sendo realizados para a finalização do inquérito, motivo pelo qual a PCMG pediu dilação de prazo à Justiça", contou. 

O Delegado informou ainda que o empresário está sendo investigado por possíveis fraudes em processos de licitação. "Ele fazia essa fraude com a ajuda de outro empresário, preso preventivamente na primeira fase da Operação", disse. 

Durante o interrogatório algumas suspeitas e provas da investigação foram confirmadas. "A partir das informações colhidas aqui, nós vamos fazer o batimento em relação às provas que já temos no inquérito, e  avaliar se será o caso,  ou não, de mantê-lo preso temporariamente", concluiu o Delegado. 

 


 

Mais lidas