Postado em: 13/01/2021

Operação Figura Pública cumpre dois mandados de busca e apreensão em Araxá

Segundo a Polícia Civil o suspeito se passava pelo vice-prefeito de Araxá para aliciar mulheres.

Foto/Polícia Civil

A Polícia Civil de Minas Gerais, por meio da Delegacia de Furtos e Roubos, coordenada pelo Delegado - Dr. Conrado Costa,  pertencente a 2ª Delegacia Regional de Araxá, chefiada pelo Delegado - Dr. Vitor Hugo Heisler, cumpriu na ultima terça-feira (12), dois mandados de busca e aprensão domiciliar expedidos pela Justiça.  Segundo a Polícia Civil, a investigação teve início após a vítima (vice-prefeito de Araxá), denunciar que uma pessoa estava usando sua foto em uma rede social para aliciar mulheres e oferecer empregos na prefeitura local.

Após a denúncia foi identificado o celular utilizado, bem como o endereço do suspeito. O Delegado - Dr. Conrado Costa representou pelos mandados de busca e apreensão e,  naquela data,  foi realizada uma operação  denominada "Figura Pública". Na casa do investigado foi localizado mais de R$ 9 mil em dinheiro, vários cheques no valor total aproximado de R$ 50 mil, 16 pendrives, o telefone celular usado no crime e várias Carteiras de Habilitação supostamente falsas.  Para a Polícia Civil, existe inclusive a suspeita de que o investigado de 42 anos, esteja vendendo CNH falsa e, se passando por um sobrinho de um policial civil da comarca. 

O investigado  foi encaminhado para a Delegacia, onde foi ouvido na presença de um advogado e liberado. Os objetos e o dinheiro apreendido serão periciados. As investigações continuam. 

Mais lidas