Postado em: 26/02/2021

Operação Guerra ao Terror prende líderes de associação criminosa que agia em Campos Altos e região

A ação contou com apoio de 22 policiais, além disso, a diligência prendeu uma pessoa por maus tratos de animais.

Foto/Polícia Civil

As Polícias Civil - pertencente á regional de Araxá -  e, Militar de Campos Altos, desencadearam nesta sexta-feira (26), a operação  “Guerra ao Terror”, que teve como objetivo desmantelar e prender os integrantes da associação criminosa “Okaida” que atua em Campos Altos e região. Durante as diligências, cinco pessoas foram presas, entre elas o líder e o vice-líder do grupo. Além deles,  dois menores também integrantes da associação criminosa,  foram apreendidos e,  uma terceira pessoa,  foi presa em flagrante  delito pela prática de maus-tratos a um cachorro da raça pitbull que pertencia ao chefe da facção criminosa.

Ao todo participaram da operação 22 policiais, sendo 10 civis e 12 militares. Os investigadores contaram com apoio do canil da PM de Araxá e de Policiais Civis de Ibiá.  Segundo a Polícia Civil, o nome da operação  faz referência ao combate aos integrantes da associação criminosa “Okaida”.  Ainda segundo a Polícia Civil, há informações de que os suspeitos tenham efetuado disparos de arma de fogo contra policiais em Campos Altos em datas passadas. "Trata-se de um duro golpe na estrutura da quadrilha", informou a Polícia Civil.

 

Mais lidas