Segunda Feira, 18 de Dezembro de 2017
 
 
Estacionamento Rotativo será reajustado após nove anos
29-09-2017 | Créditos: Ascom PMA

Após nove anos com o preço fixo de R$ 1 (um real), a tarifa do estacionamento rotativo passará por reajuste. O novo preço será de R$ 1,50 (um real e cinquenta centavos), com validade a partir da próxima semana. A medida foi calculada em função da variação dos principais custos operacionais do sistema, que tem como gestora a Associação de Assistência à Pessoa com Deficiência (Fada). O reajuste foi publicado no Diário Oficial do Município de Araxá (Doma) nesta sexta-feira, 29.

A correção também levou em consideração, dentre outros fatores, o trabalho social desenvolvido pela Fada. Mesmo com o novo valor, o rotativo ficará abaixo da maioria dos estacionamentos privados da cidade. “Consideramos, evidentemente, a necessidade do reajuste após análise da planilha elaborada pela Fada onde tinha um demonstrativo de déficit no serviço.

Outra observação foi um paralelo realizado com outras cidades e com os estacionamentos privados de Araxá. Todos eles praticando preços superiores ao da Fada. O serviço não passou por reajuste nos últimos anos nem para recompor perdas”, destaca o secretário municipal de Segurança Pública e Cidadania, Elvio Bertoni.

Ele lembra que a venda dos bilhetes de estacionamento rotativo é realizada em mais de 70 pontos do comércio. O ideal é que os condutores adquiram previamente os bilhetes. “É bom esclarecer aos condutores que os profissionais da Fada que ficam nos estacionamentos rotativos não têm a função de venda de talão. Eventualmente, eles estão na rua e tem os talões para vender. Mas, o condutor é que precisa se precaver e adquirir por antecedência. É importante destacar que não cabe a argumentação do motorista de que não colocou o talão porque não encontrou um agente da Fada”, ressalta.

No caso dos veículos estacionados em área de estacionamento rotativo sem o bilhete, é aplicada advertência e o motorista fica sujeito à multa. Ao identificarem os veículos com talão vermelho, os fiscais da Assessoria de Trânsito e Transporte (Astran) podem autuar o motorista.

Jornal Correio de Araxá - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Juliano Martins