Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
 
 
Direitos de crianças e adolescentes discutidos com a comunidade
05-11-2018 | Créditos: foto/ ascom prefeitura

 

Apontar os desafios a serem enfrentados e definir ações para garantir o pleno acesso de crianças e adolescentes às políticas sociais, considerando as diversidades. Esse é o objetivo da 10ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente que será promovida no dia 13 de novembro.

Segundo a Secretaria de Ação e Promoção Social, os interessados em participar da discussão devem se inscrever previamente. “É uma oportunidade única para representantes da sociedade civil e do governo dialogarem sobre políticas públicas voltadas à infância e à adolescência, em um grande debate sobre a Proteção Integral, Diversidade e Enfrentamento das Violências”, informou a pasta.

A presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Cristiane Gonçalves Pereira, esclareceu que toda a comunidade pode participar da Conferência.  São 300 vagas, sendo 24 para conselheiros de direito, 5 para conselheiros tutelares, 25 para crianças, 50 vagas para adolescentes 50 e o restante para a comunidade.

Haverá a participação de crianças de 6 a 12 anos. Cristiane explicou ainda o Conselho está fechando uma parceria com a Fundação Cultural de Araxá para psicólogos e psicopedagogos trabalharem com essas crianças e extraírem delas as propostas. “Sempre foi incentivada a participação das crianças e adolescentes na Conferência. Precisamos elaborar propostas que partiram desse público”, disse.

Ela ressaltou  que o CMDCA fez mobilização dentro das organizações cadastradas no Conselho para que destaquem entre o público de crianças e adolescentes aqueles com mais perfil para participar do evento. A Comissão Organizadora possui profissionais das redes municipal e estadual de educação e a mobilização também está sendo feita através deles.  “São mais de trinta instituições que atendem a um público advindo de todas as escolas e de todas áreas da cidade. Podem avaliar protagonismo, perfil de discussão, de desafio, de boas ideias e indicar esses participantes”.

Cinco eixos temáticos serão trabalhados na Conferência, das 7h30 às 17h, na Pousada Dona Beja. “O maior desafio que teremos nessa Conferência é a atenção para a diversidade.  A comunidade tem que ter noção de que os direitos são para todos, para a comunidade cigana, quilombolas, afrodescendentes, para a comunidade LGBT. E também temos questões que afligem Araxá como número de adolescentes envolvidos com drogas, violência sexual, assuntos modernos, atuais, que devem ser trazidos para as políticas voltadas para a infância e adolescência”, concluiu.

Quem quiser participar da Conferência deve se inscrever até o dia 6 de novembro, pela internet no link: https://www.sympla.com.br/x-conferencia-municipal-dos-direitos-da-crianca-e-do-adolescente-de-araxa-mg__386537

Jornal Correio de Araxá - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Juliano Martins