Quarta-Feira, 14 de Novembro de 2018
 
 
Mulher encontrada morta no Bairro Morada do Sol pode ter sido vítima de feminicídio
08-11-2018 | Créditos: foto/ reprodução internet/ arquivo jornal

***Reportagem atualizada as 12h59  de quinta-feira, 8 de novembro 


A morte de uma mulher - identificada na tarde desta quinta-feira (8) -  como “Lorena Araújo Patto Graciano” de 34 anos, encontrada já sem vida em uma área de mata no Bairro Morada do Sol na manhã da última quarta-feira (7), está sendo investigada pela Polícia Civil com suspeita de feminicídico.

A vítima foi encontrada sem sinais visíveis de violência, porém após o cadáver passar por necropsia no Instituto Médico Legal (IML) foi constatada que a mulher foi vítima de “esganadura” com lesões na face e no peito. Essas evidências mudaram o teor da investigação e a Polícia Civil agora trabalha com a hipótese de que a mulher teria sido assassinada.
Até o fechamento desta reportagem, a Polícia Civil ainda não tinha suspeitos do crime.

Relembre o caso:

O corpo de uma mulher, ainda não identificada, foi encontrado na manhã da última quarta-feira (7) em uma área de mata no Bairro Morada do Sol. Segundo a polícia, o corpo estava na mata que faz divisa com o Parque do Cristo, próximo a uma rua nova que está sendo construída no local. A mulher trajava bermuda e camiseta branca e não apresentava sinais visíveis de violência.  O Instituto Médico Legal (IML) foi acionado e realizou a remoção do corpo. A hipótese é de que o corpo estava no local por pelo menos 24h.


Jornal Correio de Araxá - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Juliano Martins