Segunda Feira, 16 de Setembro de 2019
 
 
Polícia Civil identifica motorista de caminhão que teria fugido após crime de trânsito na AV. João Paulo II
14-08-2019 | Créditos: Foto Divulgação/Polícia Civil

 

Na última segunda-feira (12), na Avenida João Paulo II, o condutor de uma motocicleta de 55 anos, colidiu contra a traseira de um Fiat Uno, que estava parado próximo ao canteiro central  para fazer o retorno. Com o choque, o motociclista caiu ao solo e foi atropelado por um caminhão tipo caçamba, vermelho, que passou sobre a perna da vítima, causando fratura exposta e grave ferimento.

“As informações colhidas preliminarmente revelaram que o motorista do caminhão teria fugido do local. A partir de levantamentos, principalmente por imagens captadas por sistemas particulares de videomonitoramento, foi possível chegar ao caminhão e, por conseguinte, identificar o motorista”, contou o Delegado de Trânsito, Dr. Renato de Alcino Vieira.

O caminhão pertence a uma empresa, que tem colaborado com as investigações. Ao saber que havia sido descoberto, o motorista afirmou a empresa que se apresentaria a polícia. De acordo com a Polícia Civil, serão colhidos mais dados sobre o fato para verificar as circunstâncias do acidente e a avaliação sobre a responsabilidade do motorista do caminhão, bem como se motoristas de outros veículos contribuíram para o evento, entre eles, a própria vítima.

“O certo é que o motorista do caminhão não poderia ter abandonado o local do acidente. Agora deverá aguardar a intimação da Polícia Civil, que, se necessário, representará pelas medidas judiciais cabíveis”, destacou Dr. Renato.

Entre 2016 e 2018, o local do fato, Avenida João Paulo imediações da rotatória da Avenida Amazonas, foi identificado pela Polícia Civil como de maior incidência de crimes de trânsito, com e sem vítimas.
O caso segue em investigação.

Jornal Correio de Araxá - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Juliano Martins