Domingo, 20 de Outubro de 2019
 
 
Funcionário de supermercado é preso por se apropriar de cartão e senha de idosa e gerar prejuízo de R$ 5 mil em Araxá
18-09-2019 | Créditos: foto/redação

 

A Polícia Civil realizou na última terça-feira (17) a prisão de um jovem de 23 anos, funcionário de um supermercado e, de seu comparsa, de 41 anos. Ambos estavam sendo investigados desde junho por se apropriar de um cartão bancário de uma idosa, cliente do supermercado, que esqueceu o objeto junto à senha ao finalizar uma compra.

“A senhora de 80 anos de idade,  foi ao supermercado e ao efetuar o pagamento no Caixa, esqueceu o cartão. A funcionária atendente do caixa,  entregou o cartão e um rascunho com a senha, ao responsável pelo setor de achados e perdidos do estabelecimento, e este funcionário,  ao invés de tomar as providências necessárias, se apropriou do cartão e junto a um comparsa (que não trabalha no supermercado) realizou saques e compras no cartão da vítima, que teve um prejuízo de aproximadamente R$ 5 mil”, contou o Delegado responsável pelo caso, Dr. Conrado Costa.

 Ainda segundo o Delegado, há indícios de que o funcionário do hipermercado tenha feito mais vítimas. “Temos outras ocorrências registradas no mesmo mês e nos meses anteriores, onde a prática foi bem parecida e semelhante a este fato. Então, tudo leva a crer que,  este funcionário já estava praticando estes desvios há algum tempo dentro do supermercado”, apontou.

Dr. Conrado adiantou ainda que, embora as investigações não tenham sido concluídas, a dupla pode ser indiciada por furto mediante fraude.  Em coletiva de imprensa, o Delegado Dr. Luis Gustavo, fez um alerta para a população. “Os criminosos tem esta facilidade  muitas vezes, porque o idoso até por uma questão de memória, tem o costume de anotar a senha e deixar junto ao cartão, o que é muito perigoso e facilita golpes desta natureza. A orientação da Polícia Civil é não guardar a senha bancária junto ao cartão, porque se isso cair em mãos erradas, pode gerar um prejuízo muito grande”, orientou.

Os suspeitos foram encaminhados ao Presídio Regional de Araxá.

 

 

Jornal Correio de Araxá - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Juliano Martins