Domingo, 20 de Outubro de 2019
 
 
Gaeco cumpre mandados de prisão e de busca e apreensão em Araxá pela Operação "Nêmesis"
24-09-2019 | Créditos: foto/ reprodução internet

 

A Operação "Nêmesis" está ocorrendo nesta terça-feira (24) e cumprindo 42 mandados de prisão e outros 71 de busca e apreensão em Patos de Minas, Patrocínio, Presidente Olegário, Serra do Salitre, Araxá, Uberaba, Uberlândia, Monte Carmelo e Sete Lagoas. A ação também ocorre no estado de São Paulo de forma simultânea e além da capital, há mandados em Mairiporã e São José do Rio Preto.  Em Minas Gerais, a Operação está sendo comandada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Patos de Minas, em parceria com as unidades da Gaeco de Uberlândia, Uberaba e Belo Horizonte e policiais militares.

A operação visa desmantelar uma organização criminosa que além de cometer homicídios, é investigada por  falsidade ideológica, furto e roubo de veículos, roubo de cargas, roubo à fazendas,  roubo de estabelecimentos comerciais, receptação,  cárcere privado, concussão, corrupção e prevaricação. Os criminosos também são suspeitos de inserir dados falsos no sistema de informação de banco de dados da administração pública, além de falsificação e comercialização de documentos públicos.

A investigação que começou em março, chegou a solucionar um homicídio. Na época o mandante do crime e os executores chegaram a ser presos pelos policiais da Gaeco. Depois disso, a investigação apontou que a quadrilha composta por inúmeras pessoas,  era formada inclusive por agentes públicos que cometiam diversas ações criminosas.

A operação conta com atuação de mais de 270 policiais militares, aeronaves, drones, cães farejadores, agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado de MG e SP, Promotores de Justiça e representantes do Poder Judiciário.

 

 

 

Jornal Correio de Araxá - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Juliano Martins