Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019
 
 
Corpo de menor baleado por policial em Pratinha foi enterrado em Araxá
04-11-2019 | Créditos: foto/ reprodução internet

O corpo do adolescente de 17 anos (que não teve a identidade revelada) morto no dia 1º de novembro em Pratinha, por um disparo de arma de fogo de um Policial Militar, foi enterrado no último sábado (2) – Dia de Finados – em Araxá.

O menor, que já possuía passagens na polícia e havia cumprido medida sócio educativa recentemente, estava passeando na cidade de Pratinha, e após uma Operação da PM naquela cidade, teve a moto apreendida, pela prática de direção perigosa. Ele foi enquadrado nas penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro, por não possuir CNH e foram confeccionadas as notificações pertinentes. Porém, segundo a ocorrência, ele ficou “inconformado” e foi até o pequeno quartel da cidade para tentar recuperar a chave da motocicleta, sendo impedido pelo policial que ali estava. No momento em que foi impedido pelo militar, o menor agrediu o policial e tentou desarmá-lo. Neste momento, segundo a própria PM, houve um disparo de arma de fogo que acertou o menor na coxa. Ele chegou a ser socorrido em uma Unidade Básica de Saúde de Pratinha, sendo transferido para Araxá, porém não resistiu ao ferimento. Para a PM, o militar agiu em legítima defesa. O caso será apurado. A arma do policial foi apreendida.

 

Jornal Correio de Araxá - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Juliano Martins