Prefeitura
CBMM
Postado em: 21/06/2022

Por que fazer plástica no frio é melhor? Veja 6 motivos

FGR Assessoria de Comunicação

Durante o frio, especialmente entre junho e julho, o número de procedimentos cirúrgicos estéticos aumenta consideravelmente. Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), as cirurgias aumentam cerca de 60% neste período do ano.

 

Segundo o Dr. Luís Felipe Maatz, cirurgião plástico, com especialização em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e especialista em Reconstrução Mamária pelo Hospital Sírio-Libanês; isso acontece pelos seguintes motivos:

 

Cinta modeladora

Quando a plástica é feita em áreas como barriga, costas, bumbum ou pernas, o uso da cinta elástica pós-cirurgia é fundamental. Ela age comprimindo a região operada, diminuindo o inchaço e proporcionando uma recuperação mais rápida. “Obviamente que no frio, o uso da cinta é mais agradável do que no calor, já que as pessoas transpiram menos, tornando seu uso menos incômodo. Além disso, as roupas que usamos neste período escondem melhor a cinta, deixando você mais confortável”, reforça Luís Maatz.

 

Inchaço

O calor aumenta o inchaço na região operada, especialmente para quem tem propensão à retenção de líquidos. O frio provoca uma contração dos vasos sanguíneos, proporcionando a redução de inchaços/edemas e de sangramento interno do ferimento.

 

Cicatrização

O sol é prejudicial ao processo de cicatrização. Após a cirurgia, é comum o aparecimento de hematomas, e se as regiões submetidas à plástica forem expostas ao sol, estes hematomas podem se tornar manchas permanentes na pele. “O ideal é não tomar sol por, ao menos, dois meses após a cirurgia. Mais uma razão pela preferência das plásticas nesta época do ano, quando a exposição solar é menor”, diz o especialista.

 

Período de férias

Em julho, muitas pessoas tiram férias, o que facilita a programação da cirurgia e a recuperação. “Assim como você, amigos e familiares também poderão estar de férias, podendo lhe prestar ajuda em tarefas diárias, já que você precisará de repouso e restrição nos movimentos”.

 

Repouso

E por falar em repouso, até nisso a baixa temperatura ajuda, pois você pode (e deve) se render à preguiça que o friozinho traz, e repousar com mais conforto debaixo do cobertor, assistindo a um bom filme (sem guloseimas!).

 

Em forma para o verão

Outra razão por optar pela plástica neste período é que, na chegada do verão, você estará recuperado da cirurgia e pronto para aproveitar a nova silhueta! Vale dizer que o tempo de recuperação é diferente para cada paciente. Normalmente, já é possível retomar atividades moderadas a partir da terceira semana. No entanto, os resultados podem ainda levar alguns meses para se tornarem totalmente evidentes.

 

“Lembre-se de optar por um cirurgião de total confiança. A plástica é uma cirurgia que, como qualquer outra, tem seus riscos e exige cuidados e mãos experientes. Portanto, busque sempre um profissional médico recomendado e qualificado”, alerta Luís Felipe Maatz.

Mais lidas