Postado em: 11/01/2022

Chutou o balde? Nutricionistas da Unimed Araxá dão dicas para você não desistir da dieta

Especialistas explicam como manter a motivação em 2022

ATrês Comunicação

Quantas vezes você já começou uma dieta e desistiu no meio do caminho? Se você respondeu "muitas" ou "quase sempre" fique sabendo que com simples mudanças de atitude é possível reverter essa situação e tornar a dieta algo agradável e estimulante. Ao decidir começar uma dieta, a ideia normalmente parece algo promissor e estimulante nos primeiros dias. Entretanto, dependendo da maneira como esse desafio é encarado, a decisão dá lugar a um verdadeiro pesadelo, em que a única saída que se enxerga é jogar tudo para o alto e desistir.

Para dar aquela forcinha, as nutricionistas Cintia Dias Soares, Isabella Santos Zago e Nathalia Cristini Rezende, da Unimed Araxá, trazem dicas valiosas para que as promessas de Ano Novo não sejam quebradas. Antes de qualquer coisa, lembrando que qualquer dieta e mudança de hábitos alimentares precisam ser acompanhadas por um profissional nutricionista, isso porque um dos maiores erros na hora de tentar emagrecer é acreditar em dietas mirabolantes e milagrosas.

Confira as dicas:

1 – Moderação

Evite os excessos e mantenha uma alimentação equilibrada nos demais dias. A recomendação é consumir uma porção de cada prato, sem repetições. Assim dá para aproveitar o cardápio sem a necessidade de proibir um ou outro alimento. Coma devagar: adquira o hábito de mastigar lentamente, sem pressa, saboreando os alimentos.

2 – Prato balanceado

Escolha carnes mais magras, sem gordura aparente, e deixe as frituras de lado. Assados e grelhados são boas opções. Prefira legumes no lugar dos embutidos e acrescente saladas. Inclua frutas frescas da época. Troque o frito pelo assado, diminua o sal, use temperos naturais no lugar dos industrializados, como manjericão, salsa, alecrim, hortelã, entre outros.

3 – Fique longe

Alimentos gordurosos ou muito condimentados, o excesso de açúcares e de bebidas alcóolicas, geralmente, são causadores de desconforto e mal-estar. Não fique sem se alimentar por longos períodos.  Não comer pela manhã para se “esbaldar” depois pode causar distensão abdominal, desconforto digestivo, azia e enjôo.

4 – Atividade física

Nada de descuidar dos exercícios físicos! Procure fazê-los normalmente: a combinação de exercícios físicos com alimentação equilibrada deve ser rotina, mas nesta época, especificamente “auxiliam na queima de excessos”.

5 – Beba com moderação

A bebida alcoólica deve ser consumida com moderação, nunca em jejum. Mantenha-se hidratado, intercale com água ou suco de frutas naturais.

6 - Faça um diário alimentar

Anote tudo o que come, como se sentiu após cada refeição, quantos quilos já eliminou, como foi o treino, como se sentiu após os exercícios, quais as dificuldades enfrentadas a cada dia, como as superou, quais foram as conquistas e falhas. Assim, fica mais fácil acompanhar e reconhecer o progresso, bem como identificar os pontos em que é preciso melhorar.

7 - Pense nos erros cometidos nas dietas do passado

Use-os como lições para recomeçar. Faça de cada novo dia, uma nova oportunidade de ficar mais próximo de seu objetivo.

8 - Lembre-se que emagrecer requer tempo

Afinal você demorou meses e, às vezes, até anos para engordar, portanto, seja paciente. É preciso tempo para emagrecer e principalmente, incorporar novos hábitos alimentares a sua rotina.

DICAS DO BEM.

Alimente-se melhor. Evite, ao máximo, produtos industrializados e processados;

 

Reserve um dia para comer o que gosta;

 

Hidrate-se bem ao longo do dia;

 

Escolha uma atividade física que você gosta e inclua na rotina;

 

Estipule um dia da semana para planejar suas refeições;

 

Procure dormir em horários regulares;

 

 Não desista de um ano novo mais saudável!

Mais lidas