Prefeitura
Postado em: 13/05/2022

Por que as grávidas não menstruam?

Bom, é comum a mulher ter sangramentos na gestação que são confundidos com a menstruação. E, isso é chamado de gravidez silenciosa e ela acontece nos primeiros meses da gestação.

Kompleta Comunicação

Para você entender melhor, vamos te explicar como funciona o processo de menstruação. A menstruação normal acontece quando uma mulher em idade fértil inicia um ciclo ovulatório. Onde um hormônio chamado estrogênio faz com que a camada mais interna do útero, chamada endométrio, fique mais espessa. Desse modo, quando o ciclo acaba, o endométrio descama e assim ocorre a menstruação.

Agora, quando ocorre a fecundação durante o ciclo, o trofoblasto, uma das camadas do embrião em formação, produz a progesterona. Ou seja, as células do trofoblasto que irão formar a placenta serão responsáveis por manter os níveis de progesterona altos. Assim, como não ocorre a redução nos níveis de progesterona no corpo da mulher, o endométrio não descama e consequentemente a menstruação não ocorre.

Então, grávidas não menstruam! Elas podem ter sangramentos nos primeiros meses, mas isso também deve ser avaliado por um médico especialista, como vamos te explicar abaixo!

 

Quais são as causas do sangramento na gravidez?

Existem diversas causas de sangramento na gravidez, como ameaça de aborto, implatação do embrião no endometrio, gravidez ectópica e a doença trofoblástica gestacional, conhecida como mola hidatiforme.

Assim, a causa mais comum de sangramento nos primeiros meses ou primeiras semanas é a implantação no embrião que pode gerar esse escape. Mas ele não é parecido ou tem características de menstruação.

Outra causa, pode ser uma ameaça de aborto, provocada por um descolamento do saco gestacional.

Já na segunda metade da gravidez, se houver algum sangramento pode ser descolamento da placenta, que deve ser estudado pelo obstetra o mais rápido possível.

E, tem também os sangramentos que ocorrem na gravidez que não tem origem obstétrica, como miomas, lesões do colo uterino ou da vagina, pólipos e outros que devem ser examinados pelo médico especialista.

 

Como diferenciar os sangramentos?

A diferenciação entre menstruação, sangramento, ameaça de aborto e escape pode ser feita atráves da cor do sangue. Mas, existem outros fatores, como:

 

  • Menstruação: a principal característica do sangramento menstrual é a quantidade e o volume do sangramento. Com um coloração vermelha, esse tipo de sangramento contém coágulos e tem duração entre 4 a 6 dias. Vale lembrar que no final da menstruação, a coloração do sangue vai escurecendo;
  • Sangramento de escape: esse tipo de sangramento acontece com mulheres que tomam a pílula anticoncepcional. O escape, ou “spotting”, acontece no meio do ciclo, com cor escura e em pouca quantidade. Dura entre 2 e 3 dias e não tem uma periodicidade;
  • Sangramento de implantação do embrião (gravidez): quando o embrião se implanta no endométrio (nidação), pode acontecer um pequeno sangramento, vermelho claro ou amarronzado (diferente do vermelho da menstruação) que dura de 2 a 3 dias;
  • Ameaça de aborto: nesse caso, o sangramento pode ter variação de cor e quantidade. Para saber diferenciar, a mulher deve saber que está grávida e se isso acontecer, precisa ir ao médico com urgência.

 

Portanto, grávidas não menstruam. Esse é um mito que os antigos falam, mas que não tem comprovações científicas como explicamos.

Dessa forma, se você estiver grávida ou não, e perceber um sangramento diferente, procure ajuda médica para entender o que levou esse escape.

Mais lidas