Postado em: 31/12/1969

A Bela, a Fera, a obesa e o politicamente correto

Uma nova releitura do clássico "A Bela e a Fera" chega aos teatros americanos, mas dessa vez com uma pequena grande mudança... a princesa dessa vez é retrada com obesidade morbidade. A desculpa da produtora é "mostrar às crianças que elas podem ser igualmente belas e principescas, independente do seu peso." A mensagem soa linda, mas por trás tem, ao meu ver, a intenção velada de subverter símbolos clássicos e tratar doença como algo normal em prol de bandeiras progressistas.

Mais lidas